1. Home
  2. » 
  3. Blog
  4. » 
  5. Número Azul - Números Especiais - Números 808

Número Azul - Números Especiais - Números 808

Linha Azul

O Plano Nacional de Numeração telefónica (PNN) atualmente em vigor em Portugal foi introduzido em 31 de Outubro de 1999 pela Autoridade Nacional de Comunicações, ANACOM. Este plano, a que obedecem todos os números de telefone, foi definido de forma a associar um código único a cada tipo de serviço prestado, independentemente do operador que o fornece.

Este código constitui o primeiro algarismo de cada um dos números de telefone do serviço em questão e, no caso dos Números Verdes, sempre gratuitos, e Azuis, taxados como chamada local, é o 8. Assim, os Números Verdes começam sempre por 800 e os Azuis, por 808.

Os Números Azuis são também chamados números com custos partilhados. Isto deve-se a, neste tipo de serviço, o custo das chamadas ser partilhado entre o chamador (quem liga para o 808) e o titular do Número Azul (a entidade que disponibiliza o 808 XXX XXX para efeitos de receção de chamadas, usualmente no âmbito do apoio a clientes).

De acordo com a legislação em vigor à data de Dezembro de 2018, o valor máximo a pagar pelo utilizador de um serviço 808 (ou seja, quem faz a chamada para o número 808) é o correspondente ao de uma chamada local, entre números fixos, no âmbito do serviço universal de telefone.

linha 808

Deste modo, é praticado um mesmo valor inicial por todos os diferentes operadores de comunicações (NOS, Nowo ou Meo): 0,0861€, que inclui o primeiro minuto da comunicação, é frequente os operadores referirem-se a isto como "crédito de tempo" inicial de 60 segundos, sendo que, se esta durar menos de um minuto, é sempre cobrada a totalidade do valor antes indicado.

O preço cobrado pelos minutos seguintes varia de operador para operador, andando, no entanto, por volta (ligeiramente superior) a 0,03 € por minuto, se a chamada for iniciada em dia útil, entre as 9 e as 21 horas, e 0,01 € por minuto, se a chamada for iniciada em qualquer outro horário.

Esta partilha do custo da chamada entre chamador e recetor, associada ao facto de os números azuis serem não geográficos (ou seja, são números fixos cujo indicativo é sempre o mesmo, 808, independentemente do local do país onde forem atendidos/comutador a que estiverem ligados, sendo que as chamadas para um só número 808 podem ser distribuídas por diferentes centros de atendimento, fisicamente distantes entre si) tornam-nos uma solução popular para empresas e entidades que pretendem facilitar aos seus utentes/clientes uma forma de contacto económica e fácil de utilizar.