1. Home
  2. ››
  3. Administração Pública e Serviços Públicos
  4. ››
  5. Governo Civil do Distrito do Porto

Governo Civil do Distrito do Porto
Número de telefone

Governo Civil do Distrito do Porto Numero Atendimento ao Cliente
+351 222 097 500
Average: 5 (1 vote)

Morada em R Gonçalo Cristóvão 373, Porto, 4000-270, Porto - Santo Ildefonso, Porto. Actividade da Governo Civil do Distrito do Porto é Administração Pública e Serviços Públicos. Contacte-nos http://www.govcivilporto.gov.pt
O Governo Civil do Porto era um órgão de administração pública que representava o Governo português no distrito do Porto. Os Governos Civis surgiram pela primeira vez após a revolução liberal de 1820, no século XIX, como órgão administrativo de substituição das comarcas que, no antigo regime, representavam a coroa. No entanto, esta medida só seria implementada no terreno após a Guerra Civil de 1834, após a divisão de Portugal em distritos, com áreas semelhantes às das antigas comarcas. E os magistrados administrativos passaram a designar-se por governadores civis. Estes representavam o Governo nos distritos em causa, mas as suas funções foram decrescendo com a passagem do tempo mas, especialmente, a partir do século XX com a criação de delegações próprias por parte dos respectivos ministérios.
A Constituição de 1976, que já previa a regionalização mas que nunca foi implementada, já previa extinção dos distritos e, claro, dos governos civis. Contudo, apesar da regionalização ter sido chumbada em referendo, os governos civis acabaram mesmo por ser extintos pelo executivo liderado pelo Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho, em 2011.
O Governo Civil do Porto trabalhou num edifício na Rua de Gonçalo Cristóvão, na cidade portuense, que chegou a ser prisão de homens condenados a tablados forçados, casa de telégrafo ou serviço da Guarnição Militar, por exemplo, e o seu último governador civil foi Fernando Moreira.

Comentários

boa noite vinha por este meio emformar o que se passa aqui no alto da lixa concelho de felgueiras. ixeste aqui uma dicuteca que se chama o tribus var situada na avenida do alto da lixa , que ninguém pode dormir aqui por motivos da misica que não tem o mínimo de comdiçoes para isso não tem esulamento e o dono não quer saber disso esta aberta ate as 7 da manha nimguem tem descanço .já fis queixa em diversos sítios e ninguém quer saber estou a ficar desesperado com isto o dono disto tem mais duas aqui na lia e penssa ser o dono do mundo por favor façao alguma coisa isto nem licença deve ter tentem dar resulçao a isto por favor
na rua fresca 110 leça da palmeira 4450-678 matosinhos existe nas traseiras do predio um terreno com varias casas alugadas algumas com trinta anos de aluguer forao saindo algumas familias para bairros sociais a senhoria por velhice foi colocada num lar ficou uma neta que continua a alugar as casas fazendo obras ao fim de semana mas nao muda os telhados que ainda sao em fibrocimento concluzao transformou uma zona abitavel numa lixeira doentia o namorado repara motas na entrada dos inclinos tem tres caes que dormem na cosinha da senhoria as oito horas da manha abre a porta aos animais e os animais passao o dia a faser as nesecidades na porta dos inclinos falando com a senhoria a mesma responde quem nao estiver bem sai sao frases inaceitaveis e irritantes gostava que as autoridades atuassem.
No passado dia 27/09, enviei uma carta/exposição para o Governo Civil do Porto (rua Gonçalo Cristóvão, 373 - Porto), tendo sido hoje (10/10) devolvida pelos CTT com a anotação que "mudou-se". Dado tratar-se de uma situação anómala, do qual também enviei para outras entidades, nomeadamente Ministério do Ambiente e Administração Interna, solicito a indicação da morada correta, para o devido encaminhamento urgente da mesma. Com os melhores cumprimentos. António Beiramar mail: cbeiramar@sapo.PT telem: 963819369